Homem é preso suspeito de estuprar a própria filha de 12 anos - Valparaíso-GO

Foto/Divulgação

Valparaíso de Goiás
Tipografia
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Menina foi à delegacia acompanhada da mãe e mostrou até o lubrificante íntimo que pai teria usado. Ele negou crime e disse que deu produto à filha depois que ela o viu se masturbar.

Um homem foi preso em flagrante suspeito de estuprar a filha de 12 anos, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, a menina foi à delegacia acompanhada da mãe e mostrou até o lubrificante íntimo que ele teria usado no crime.

Conforme a polícia, ao ser preso ele negou o crime e disse que deu um lubrificante íntimo à filha depois que ela o viu se masturbar.

A prisão ocorreu na quinta-feira (18), por meio da equipe da Delegacia Especializadas de Atendimento à Mulher. Conforme o relato da vítima para a polícia, ela foi abusada duas vezes. A adolescente foi encaminhada ao Instituto Médico Legal para realização de exame de corpo de delito.

 

"A vítima disse que na primeira vez em que o pai abusou sexualmente dela, ele fez usando um dos vibradores. Foram dois abusos que consistiram em masturbação. Os dois aconteceram quando a madrasta da criança não estava em casa", explicou o delegado Pedro Henrique Teixeira, responsável pelo caso.

A menina, que morava com o pai e a madrasta, chegou a contar sobre o caso a uma amiga da escola e a um professor. Ela foi encaminhada ao conselho tutelar, que entregou a adolescente à mãe.

Segundo a Polícia Civil, o homem apresentou um advogado particular na audiência de custódia e a prisão em flagrante foi convertida em preventiva pela Justiça.

 

Fonte: G1

Adicionar comentário

Enviar

Publicidade